Texto por Rômulo Konzen.

No próximo mês, mais precisamente nos dias 5, 6 e 7 de abril ocorrerá em São Paulo – SP, mais uma edição do Lollapalooza. Festival que já se tornou clássico aqui em terras tupiniquins e que sempre desperta um misto de sentimentos. Alegria imensa de quem curte artistas mais undegrounds e indies, e desdem do público mainstream, principalmente rockeiro. Por isso estou aqui hoje para apresentar e falar um pouquinho de todas as bandas que estarão no festival e podem agradar ao público de camiseta preta.

 

Selecionei todas as bandas e artistas que representam algum subgênero do rock, independente de qual seja. Vale lembrar também que o festival é uma oportunidade excelente para conhecer novos artistas e ter uma experiência músical bem eclética. Então deixe o preconceito de lado e confira algumas das bandas que você poderá curtir:

 

Sexta-feira – 05/04

 

Molho Negro

Power trio de Belém do Para que faz um som rapido, pesado e bastante empolgante. Contem muita influência de Punk Rock, mas sem soar simples, apesar de serem bem diretos. Destaco o baixo que é super presente e tem um timbre poderoso.

 

Autoramas

O Autoramas já é uma das clássicas da cena independente brasileira. Foi formada por Gabriel Thomás (ex Little Quail and The Mad Birds) e faz rock com influências de Punk, Garage e Surf Music.

 

Scalene

Grupo brasiliense que ganhou proporção nacional após participar do programa Superstar da Rede Globo. Mas o grupo não se resume a uma participante de reality show. Scalene já tem quatro discos de estúdio muito bem feitos e aceitos pelo público e critica. Fazem uma mistura de Indie rock com o peso do Stoner. Recomendo fortemente o último disco, lançado em 2017, Magnetite.

 

FEVER 333

Primeira atração internacional da nossa lista. Grupo formado em 2017 e com seu primeiro disco de estúdio lançado somente em janeiro deste ano. Então corra para assistir esses novatos que trazem o melhor do raprock e hardcore. Me lembra muito Rage Against The Machine em alguns momentos, com um toque de Bestie Boys e melodias de pop punk. Uma grata surpresa.

 

Portugal The Man

A sugunda atração internacional da nossa lista é uma das que mais me empolgam do festival. Com seu som trazendo influências de indie e muito rock psicodélico, é o grupo que tem uma das minhas músicas favoritas desta postagem. Deixo que a música venda a banda por sí só:

 

Foals

Os britânicos do Foals fazem um Indie Rock com muitos flertes eletrônicos e dançantes. Tem uma pegada mais intimista e menos agitada, mas que não deixa de empolgar o ouvinte. Aquela banda pra ti fechar os olhinhos e viajar pra longe.

 

Artic Monkeys

Sem sombra de dúvidas o maior nome da sexta-feira e talvez o mais aguardado de todo o festival. A esta altura acredito que todos já conheçam os ingleses do Artic, mas por via das dúvidas, recomendo que ouçam o último trabalho do grupo, Tranquility Base Hotel & Cassino, que apesar de causar bastante discordia por ser bem diferente dos anteriores é um excelênte album, que demonstra bastante amadurecimento da banda. Mas o show obviamente promete estar recheado dos clássicos mais populares do grupo.

 

Sábado – 06/04

 

Snow Patrol

Outra banda clássica que estará neste Lollapalooza. Snow Patrol é um nome já conhecido pelos fãs de Rock Alternativo e Power Pop. Com sete discos de estúdios na carreira é outra que promete uma bela apresentação.

 

Bring Me The Horizon

Outro dos maiores nomes desta edição do festival. Uma das atrações que trazem um som pesado e denso. Bring Me The Horizon pode ser definido como Metalcore, mas com muita influência de Pop Rock, Eletronico e Nu Metal.

 

Lenny Kravitz

Um dos artistas mais antigos desta edição e outro nome gigantesco do line up. Lenny Kravitz toca uma mistura de Hard Rock, Folk, Psicodélico, Soul dando uma roupagem muitas vezes radiofonica e pop para suas canções.

 

Kings Of Leon

Acredito que junto com Artic Monkeys seja a atração que esteja causando mais alvoroço entre o público do rock. O grupo faz Rock Alternativo, Garage, mas com muitos hits e muitas vezes me lembrando as bandas adolescentes da década de 60.

 

 

Domingo – 07/04

 

E A Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante

Única atração instrumental da nossa lista. Uma das bandas mais dificeis de definir. Normalmente são classificados como Post-rock, mas em cada canção encontra-se nuances de vários gêneros. Eu definiria como um rock psicodélico moderno. Ouça e tire suas conclusões.

 

The Inspector Cluzo

Grupo frances de Fuzion mas que diversas vezes tem cheiro de Folk Rock. Mais uma banda dificil de definir mas com um som super interessante e que me conquistou já na primeira ouvida. Destaque para o vozeirão de Laurent Lacrouts.

 

The Struts

Talvez minha favorita de toda a lista e que mais me desperta interesse. O Struts faz um hard rock com MUUUITA influência de Queen, porém adaptado para os dias de hoje, mais moderno e menos setentista. Um grupo que sem dúvida ainda tem muito chão para percorrer e que aposto todas minhas fichas que voarão alto.

 

Interpol

Uma das maiores representantes do Rock Alternativo e Post Punk desta edição. Interpol já tem uma carreira consolidade e sem dúvida é uma das grandes atrações para os fãs do gênero.

 

Greta Van Fleet

A banda mais polêmica desta lista para quem acompanha o mundo do rock. Os garotos do Greta surgiram de repente com um som poderoso que despertou o interesse de muita gente, algumas vezes por ser um respiro do bom e velho hard rock nos dias de hoje, outras vezes por ser uma imitação barata e esdruchula de Led Zeppelin. Indepente de que lado você esteja, será uma grande oportunidade de ve-los ao vivo e decidir de vez.

 

Lembrando que listei apenas as que deduzi serem mais interessassem ao público rockeiro do Crazy Metal Mind. Se você sentiu falta de alguma outra atração bacana que deveria estar aqui, deixe nos comentários. E obviamente resumi MUITO o trabalho dos artistas, apenas algumas linhas e uma música para dar noção do que está por vir. Espero que corram atrás das que mais gostarem e nos vemos no Lollapalooza 2019.