Texto por Daniel Iserhard e Fotos por Rômulo Konzen.

 

Adivinha com quem e onde? Com a Abstratti no Opinião, estávamos eu, Rômulo e mais uma quantidade bastante significativa de gente. Não tínhamos ideia de como seria a lotação mas dá pra dizer que, se não venderam todos os ingresso, foi quase.

 

O público notoriamente eclético, digamos assim, mas com uma quantidade avassaladora de tios de óculos com camisa de banda ou mesmo uma polo, com cara de quem saiu do escritório pra ver o show. E isso até era esperado já que o Saxon é uma banda mais datada, não teve o mesmo sucesso continuamente com a JUVENTUDE.

 

Teve até casal tomando ESPUMANTE vendo o show…

 

… que começou EM PONTO, uma pontualidade saxônica. Já de cara o que dava pra ver e me deixou bastante feliz foi a ALEGRIA dos tiozões e a vontade e o prazer de estar lá em cima do palco, era bastante nítido. O vocalista ainda com cabelo comprido mas agora grisalho está cantando MUITO. Fiquei bem impressionado com a disposição do sr. Biff do alto dos seus 68 anos até BANGUEOU as belas madeixas. Os solos de guitarra do Paul Quinn que ia até a frente do palco, levantava a guitarra, solava e fazia o público ficar maluco. Nibbs o baixista, parecia um adolescente correndo de um lado pro outro e sendo muito feliz. E tinha tanta gente correndo de um lado pro outro que nem deu pra ver direito o Glockler que tava escondido la atrás na bateria.

 

Foram 2 horas de 23 belíssimas canções e digo, sem medo de errar, que quem ficou em dúvida e não foi, CHUPOU BALA. Hoje já estou me arrependo de não conhecer mais o Saxon pra ter curtido ainda mais porque os que conheceram gostaram muito e estava bastante evidente.

 

Meu destaque vai pro cover de Ride Like The Wind que ficou espetacular.


Segue o set:

Thunderbolt

Sacrifice

Wheels of Steel

Strong Arm of the Law

Denim and Leather

Battering Ram

Rainbow Theme

Frozen Rainbow

Backs to the Wall

They Played Rock and Roll

Power and the Glory

Ride Like the Wind

Broken Heroes

Motorcycle Man

747 (Strangers in the Night)

And the Bands Played On

Lionheart

To Hell and Back Again

Dallas 1 PM

Crusader

Heavy Metal Thunder

Never Surrender

Princess of the Night