10 músicas do Pearl Jam que você deve conhecer

Data: 31/05/2017

Texto por Guilherme Calciolari.

Continuando a celebração pela inclusão do Pearl Jam no Salão da Fama do Rock n' Roll, vamos indicar aqui algumas músicas obscuras da banda. Fazer a lista deu mais trabalho do que se imagina. Primeiro, eliminei todas as músicas presentes no álbum "Rearviewmirror", de 2004, com os grandes sucessos da banda até então. Depois, fui no letras.com.br e eliminei também as 20 músicas mais populares.

No fim das contas, considerando as repetições, foram eliminadas 40 (quarenta!) músicas, que poderiam fazer o melhor setlist da história do mundo.

Pois é, ficou difícil. Mas vamos lá, tem muita coisa gravada em estúdio para garimpar.

1 – Footsteps

Quando o guitarrista Stone Gossard buscava um vocalista para sua próxima banda, espalhou fitas demo pelo país, com três faixas. Uma dessas fitas foi parar nas mãos de Eddie Vedder, que escreveu as letras de três músicas, Alive, Once e Footsteps. Os fãs conhecem esta tríade como a Trilogia Mamasan, em que um homem descobre que seu pai não é quem pensava (Alive), fica perturbado e se torna um psicopata (Once) e, no fim das contas, é preso e fica sozinho em uma cela (Footsteps). Footsteps é a mais introspectiva das três, e se as outras duas demonstram o impacto que a banda poderia ter com um bom hard rock, a terceira já demonstra o quanto as canções acústicas seriam importantes no futuro da banda. A música foi incluída como lado B do single de Jeremy, e uma versão diferente aparece na compilação de lados B "Lost Dogs", lançada em 2002.

2 – Why Go

O disco de estreia da banda, Ten, teve sete canções eliminadas desta da lista. Ainda assim, Why Go merece estar aqui, seja pela introdução com a bateria, com o baixo pulsante que carrega a música, ou pela letra, a primeira da banda a tratar de uma protagonista mulher, o que aconteceria diversas vezes ao longo de sua carreira.

3 – Dirty Frank

O homem que entregou a fita demo à Eddie Vedder foi Jack Irons, baterista do Red Hot Chili Peppers, que eventualmente se juntaria ao Pearl Jam por um disco. Os malucos semi-nus californianos chamaram o Pearl Jam para participar de parte da turnê do álbum Blood Sugar Sex Magik. Dirty Frank é suingada, quase um funk, claramente influenciada pelo Red Hot. A letra fala sobre o motorista do ônibus da turnê, que tinha um jeito de psicopata, e que é frequentemento mencionado em shows do Red Hot. Dirty Frank apareceu na edição alemã do Ten, além de ser o lado B do single de Even Flow.

4 – Wash

Outro lado B da época do Ten, Wash estava no single de Alive. Mais uma acústica, as guitarras criam um clima soturno que é completado pela voz grave de Eddie, até finalmente explodir no trecho final da canção. Frequentemente utilizada para abrir shows. 

5 – Rats

Nona faixa do álbum Vs., Rats já demonstra a insatisfação de Vedder com as pessoas que passaram a cercar a banda após o sucesso. Sim, ratos são ratos, mas pelo menos não são interesseiros, falsos, e são sinceros em sua missão de ser… bem, ratos. Mais um funk levado pelo baixo, é um marco de um dos álbuns mais variados da banda.

6 – Crazy Mary

Mais uma música focada em uma protagonista mulher, Crazy Mary é um cover de uma canção da cantora folk Victoria Williams. Marcada pela métrica pouco convencional, com paradas imprevisíveis e versos maiores do que caberia musicalmente, a canção deslancha ao falar sobre um sonho do narrador, e a música voa enquanto o narrador faz o mesmo por cima das árvores da pequena cidade em que a história se passa. Lançada originalmente em um disco para ajudar a compositora em uma batalha contra a esclerose múltipla, se tornou presença comum nos setlists da banda, normalmente com Eddie distribuindo goles de vinho para os fãs mais próximos do palco.

7 – Smile

O Pearl Jam serviu de banda de apoio para Neil Young em seu EP Merkin Ball, em 1995. No disco No Code, do ano seguinte, lançaram a música Smile, claramente inspirada pela contribuição. A letra faz referência a duas canções da banda The Frogs, após seu vocalista escrever trechos das músicas em um bilhete e colocá-lo dentro do caderno de Eddie durante um show conjunto das bandas.

8 – All Those Yesterdays

Toda banda um dia já quis ser os Beatles, e essa é a tentativa do Pearl Jam. Com instrumentação exótica e cadência bem característica, eles não passaram vergonha, e a música cresce de tamanho até se tornar uma boa obra própria, não apenas uma imitação. Talvez um pouco longa demais, All Those Yesterdays fecha o álbum Yield.

9 – Love Boat Captain

Segunda faixa do disco Riot Act, Love Boat Captain narra um dos episódios mais trágicos da carreira do Pearl Jam. Em 2000, no festival dinamarquês Roskilde, no começo da apresentação da banda, várias pessoas escorregaram no chão lamacento e foram esmagadas pelo público que vinha atrás. Nove pessoas morreram e 26 ficaram feridas, enquanto a banda percebia o que estava acontecendo e assistia horrorizada. Na turnê seguinte, a banda não conseguia se forçar a tocar a música Alive, o fazendo somente no último show da turnê. Após o ocorrido, é comum Eddie Vedder parar os shows e pedir para o público dar espaço para os que estão prensados à grade. Love Boat Captain cita os nove amigos que perderam a vida no incidente, e a cada show a letra é alterada para refletir há quanto tempo ele ocorreu.

10 – Amongst the Waves

Terceiro single e sexta faixa do álbum Backspacer, Amongst the Waves é um das canções que se encaixa naquilo que o Pearl Jam faz de melhor, músicas de tempo intermediário, que crescem aos poucos, ao invés de canções rápidas que acabam limitando a força da banda. Voltando ao início da banda, em que as primeiras letras de Vedder foram escritas com o pé na areia após uma sessão de surfe, é uma música feita para ouvir num fim de tarde, com clima triunfante. O Pearl Jam mudou muito nos 26 anos de seu surgimento, e esta música é um bom exemplo, deixando a angústia de lado, agora aproveitando o que colheu ao longe de uma brilhante carreira, e a letra deixa isso bem claro. "Lembra daquele começo, quando você era jovem e se impressionava fácil, e tudo mudou da primeira vez que viu sangue. Veja só agora, você é forte. Já sangrou, e as feridas se fecharam. É difícil tudo estar perfeito, mas você sobreviveu e está entre os melhores". Atravessou dificuldades, sobreviveu, e está entre os melhores. Aqui está o Pearl Jam.

PS: Se alguém ficou curioso, as músicas descartadas foram: Black, Last Kiss, Alive, Just Breathe, Yellow Ledbetter, Even Flow, Jeremy, Sirens, I Am Mine, Soldier Of Love, Daughter, Do The Evolution, Oceans, Given To Fly, State Of Love And Trust, Come Back, Future Days, Release, Nothingman, Once, Animal, Go, Dissident, Rearviewmirror, Spin The Black Circle, Corduroy, Not For You, I Got ID, Hail Hail, Save You, Breath, Elderly Woman Behind The Counter In A Small Town, Immortality, Betterman, Who You Are, Of He Goes, Wishlist, Nothing As It Seems, Light Years, Man Of The Hour.

Comente:

SIGA




PARCEIROS