Extreme revive os anos 80

Data: 20/06/2015

Texto por Rômulo Metal. Fotos por Natália Winter.

IMG_5079

A fria noite porto alegrense do dia 16/06 nada combinava com o calor e clima de festa que rolava dentro do Bar Opinião. Ao passar pelas portas do estabelecimento você era transportado diretamente para o final dos anos 80. O Extreme fez um show digno dos melhores clubes de Los Angeles na época em que o hard rock farofa reinava no mundo.

Pontualmente às 20h, o guitarrista ex Poison e atual The Winery Dogs, Richie Kotzen, entrou no palco com sua banda solo para esquentar a platéia para o show de mais tarde. Com um hard rock forte recheado de influências de blues e um vocal poderoso (que muito me lembra Chris Cornell no Audioslave), Richie fez um show curto, de aproximadamente 1h, mas que esbanjou qualidade e técnica. Nada mais justo para que o público se preparasse para o que viria mais a frente.

IMG_3622

Com 20 minutos de atraso, a banda principal entra no palco, já quebrando tudo e transformando o lugar numa grande festa. Já vi alguns bons shows, mas confesso que nunca havia assistido um com tamanha presença de palco e com tanto clima de diversão e alegria. Obviamente o estilo da banda e suas músicas ajudam, afinal essa sempre foi uma característica do hard rock oitentista, mas a banda se supera. Gary Cherone é o legítimo rockstar, além de cantar muito, não para quieto no palco nem por um segundo.

IMG_3766

IMG_4099

IMG_4537

Nuno Bettencourt é o guitarrista que toda banda sonha em ter, lindo, virtuoso e ainda canta muito bem, não apenas em backin vocals, mas até em canções inteiras. Um músico completo e que com a guitarra na mão faz milagres.

IMG_3942

IMG_4345

IMG_4707

Pat Badger no baixo é funk puro. Se o Extreme sempre foi considerado por muitos uma banda de Funk Metal, grande responsabilidade disso é da baixeira de Pat. Músicas como Get The Funk Out são de sair dançando do início ao fim. E o cara ainda tem um carisma no palco que poucos conseguem ter.

                IMG_4167

IMG_4770

IMG_4285

Kevin Figueiredo é o único integrante que não pertence a formação original, porém segura as pontas com maestria e não deixa nada a desejar, grande baterista.

IMG_4089

Enfim, a noite foi impecável, desde a apresentação da banda até a organização do evento (parabéns a Abstratti, que garantiu que a festa fosse perfeita). E para fechar com chave de ouro, esta turnê do Extreme é em comemoração aos 25 anos do álbum de mais sucesso que o grupo já lançou, o Pornograffitti, então o disco foi tocado na íntegra, do início ao fim, e depois mais uma enxurrada de clássicos.

IMG_3850

IMG_3980

Graças ao Extreme e a Abstratti tive a oportunidade de viver um pouco da era dourada do meu gênero de rock favorito. Naquela noite fui dormir com um sorriso no rosto e com muita farofa na cabeça.

IMG_4798

IMG_4610

IMG_4469

IMG_3885

Comente:

SIGA




PARCEIROS