Conheça um dos pais do Glam Rock

Data: 14/08/2013

Por Rômulo Konzen.

Sweet-review-1

E aí headbangers, hippies, grunges, punks, góticos e pessoas de merda que leem essa bagaça! Mais uma vez estou aqui para indicar-lhes uma pérola! Há algum tempo já queria tirar esta banda do meu baú de Clássicos do Rock pouco conhecidos, então CHEGOU A HORA!

A banda Sweet ou The Sweet (tanto faz), foi criada em 1968, e são, junto com David Bowie e New Youk Dolls, um dos pais do Glam Rock.

O Sweet já teve alguns hiatos, mas estão na ativa até hoje, com vários álbuns lançados e com uma bela quantia de canções espetaculares.

O som dos caras é o típico Glam Rock, músicas alegres e bem dançantes. O diferencial da banda são os vocais, ou melhor, os backin vocals, que fazem da harmonia da música (aprendi no último podcast) um FRENESI EXUBERANTE (como diria nosso amigo Murilo).

Quando conheci a banda (tardiamente), minha maior surpresa foi nunca ter ouvido falar dela antes, pois acreditem em mim, a qualidade do som é algo inexplicável para uma banda que na maioria das vezes passa despercebida ao grande público rockeiro.

Enfim, chega de vender os caras. Deixarei aqui 3 indicações de músicas para vocês começarem sua jornada no mundo do Sweet. E deixo meu testemunho: ainda não ouvi a discografia inteira, mas das 30 e poucas músicas que conheço, não classifiquei nenhuma como algo menor do que BOA.

Sweet – Teenage Rampage:

 

Sweet – Fox On The Run:

 

Sweet – Action:

Comente:

SIGA




PARCEIROS