Hoje vou contar-lhes a história de mais um “símbolo” do Rock’n Roll, o Guitar Smash e a destruição de instrumentos em geral…

Desde os primórdios, músicos do Blues e do Rock’n Roll clássico fazem malabarismos e manobras com seus instrumentos, com o intuito de impressionar o publico. Chuck Berry por exemplo, inventou o Duck Walk (passo do pato), Jimi Hendrix tocava com a guitarra nas costas, e até com seus dentes. Eram inúmeras as formas que os músicos usavam para chamar a atenção do publico.

Até que em Setembro de 1964, na Railway Tavern em Harrow and Wealdstone, Inglaterra, em um show do The Who, Pete Townshend (guitarrista) destruiu sua primeira guitarra. Ele estava tocando em um palco muito alto, então quando ergueu sua guitarra para fazer uma manobra, sem querer bateu o instrumento no teto, fazendo assim com que ela rompesse. Furioso com as risadas da plateia, Townshend arrebentou a guitarra em pedaços, pegou uma Rickenbacker de doze cordas e continuou o concerto. Por conta disso, o público no show seguinte aumentou consideravelmente, mas ele se recusou a destruir outro instrumento. Ao invés disso, Keith Moon (baterista) foi quem arrebentou seu kit de bateria. A destruição de instrumentos se tornaria um destaque dos shows ao vivo do Who pelos próximos anos, e o incidente na Railway Tavern acabaria entrando para a lista de “50 Momentos que Mudaram a História do Rock ‘n’ Roll” da revista Rolling Stone.

Pete Townshend mostrando seu amor pelo instrumento:

Depois desse acontecimento, e do impacto que o Who causou, vários outros músicos aderiram a essa “mania”. Alguns dos mais famosos por fazerem isso são, Paul Stanley (Guitarrista/vocalista do Kiss), Jimmi Hendrix e o Nirvana, entre vários outros.

Nirvana fazendo sua parte:

A destruição de instrumentos se tornou um símbolo de atitude, revolta, ou só espetaculo mesmo.

Outro acontecimento histórico, foi em 31 de Março de 1967, no Astoria Theatre, em Londres, onde Jimi Hendrix ateou fogo pela 1ª vez em sua guitarra. Esse ato virou marca registrada do guitarrista, que o repetiu inúmeras vezes, mesmo indo parar no hospital com queimaduras de 1º grau, em sua primeira execução.

Jimi Hendrix queimando sua guitarra:

Bom, depois disso, pegue sua guitarra, e arremece-a contra o chão ou contra o amplificador!

Advertência: O guitar smash não é aconselhado para você que não possui condições de comprar instrumentos novos com frequência. A destruição de seus instrumento pode resultar em sérios arrependimentos.

Let’s play GUITAR SMASH!